Atualizado em: 13 de janeiro de 2021

O dermatologista Sérgio Schalka explica que o protetor solar previne o envelhecimento precoce da pele e é o principal cuidado contra o câncer de pele, o mais comum no Brasil

O sol forte do Brasil é lindo, mas um perigo para a beleza e a saúde. O corpo bronzeado, que até há alguns anos era um visual de beleza, vai dando lugar a uma pele tratada, mais saudável, menos envelhecida.  

A mudança acontece por causa do incentivo do uso do protetor solar por médicos e campanhas públicas que alertam contra o câncer de pele, o mais comum no corpo humano e que pode ser fatal em alguns casos.

O resultado é que o protetor solar começou a fazer parte da rotina de beleza e de um estilo de vida obrigatório para quem deseja evitar o envelhecimento precoce da pele.

O protetor solar mudou o conceito de cuidados de beleza e lidera a lista de produtos indispensáveis para uma pele mais saudável.

PROTETOR SOLAR NO CUIDADO DA BELEZA E DA SAÚDE

Por tudo isso, o protetor solar tornou-se indispensável. Pena que os brasileiros não são conscientes disso: um levantamento da Sociedade Brasileira de Dermatologia, liderada pelo Dr. Sérgio Schalka, revela que 8 entre 10 brasileiros não têm o hábito de usar proteção contra o sol.

SempreBem conversou com o Dr. Sérgio sobre os benefícios da proteção solar contra o envelhecimento da pele e o câncer de pele.

Dermatologista Sérgio Schalka

PORQUE O SOL ENVELHECE A PELE

O sol envelhece a pele principalmente por causa da ação dos radicais livres, produzidos pela radiação do sol como a radiação Violeta A,  Ultra Violeta B e luz visível. Essas radiações alteram a estrutura da pele gerando perda de colágeno, rugas, flacidez, manchas, alterando a produção da melanina e ressecamento da pele.

QUAIS OS EFEITOS DA RADIAÇÃO SOLAR NA PELE

São dois efeitos principais:

Envelhecimento da pele: surgem manchas, rugas e flacidez, entre outros.

Câncer de pele: uma das principais consequências da radiação solar é o câncer de pele, o mais comum no corpo humano. Ele representa cerca de 1/3 de todos os cânceres do corpo humano, e o principal deles, que é o câncer de pele não melanoma, tem uma relação direta com o sol. As pessoas, especialmente as mais claras e as mais expostas ao sol, são as principais candidatas ao câncer de pele. Portanto, a proteção solar é a melhor forma de prevenir o câncer de pele.

COMO SE PROTEGER DO SOL

A melhor proteção contra os danos do sol é a proteção solar. Mas, a proteção solar é um conjunto de medidas e destacamos:

  • Protetor solar: o uso adequado é o principal cuidado
  • Uso de roupas apropriadas
  • Chapéu
  • Óculos de sol: eles protegem a área dos olhos e os olhos, que também podem ter problemas com o sol.

COMO USAR O PROTETOR SOLAR NA BELEZA E NA SAÚDE

As pessoas não usam o protetor solar da forma como deveriam. Elas se concentram muito no uso do produto durante uma exposição intencional, ou seja, na praia, na piscina. Mas esquecem do protetor solar no dia a dia.

Importante lembrar que num país tropical como o nosso a gente tem uma fartura de radiação solar, mesmo no dia a dia e, isso, cumulativamente, é mais importante do que o sol da praia.

Estimamos que o sol do dia a dia represente 70% do total de exposição solar durante a vida e que a exposição durante o lazer, como na praia ou na piscina, represente 30%.

O uso do protetor solar diário é recomendado especialmente para as pessoas mais claras e as pessoas que se expõe mais ao sol nas suas atividades, que ficam mais rua, mais expostas ao sol.

COMO ESCOLHER O FPS – FATOR DE PROTEÇÃO SOLAR

O número do FPS indicado para cada tom de pele é difícil definir. Primeiro, porque ele é uma medida que só vale se você aplicar o produto na quantidade certa .

Recomendamos o FPS mínimo de 30, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia e do consenso brasileiro do qual eu fui o autor principal.

O número do FPSvaria de acordo com o tipo de pele – quanto mais clara, maior o FPS, e pelo tipo de exposição ao sol. Se é uma exposição mais importante , na praia, na piscina, o sol do meio-dia, então o FPS deve ser acima de 50. Se é um FPS para o dia a dia pode ser 50 ou até entre 30 e 50.

Pele morena, entre 30 e 50 é razoável . O número exato a gente não consegue pq são tantos fatores ambientais e pessoais que interferem que seria perigoso a gente tentar definir um número perfeito. É uma faixa ….  

Número do FPS varia de acordo com o tipo de pele e o tipo de exposição ao sol. Foto: Pexels.

COMO CUIDAR DA PELE ENVELHECIDA PELO SOL

Há produtos, como peptídeos, ácido hialurônico, o ácido retinóico, derivados retinóides e outros que fazem um tratamento da pele danificada. São tratamentos mais que preventivos. Mas, o resultado da prevenção é bem melhor do que o resultado do tratamento.  

Estudos mostram que, se você usar protetor, hidratar sua pele e usar antioxidantes adequadamente você reverte parte do dano causado pelo sol. São esses cuidados:

1º. Usar protetor solar

O protetor solar é o produto mais importante na prevenção ao envelhecimento, disparado.

Mas, você deve adicionar outras coisas.

2º. Hidratar a pele

Uma pele bem hidratada com produtos hidratantes também envelhece menos. A hidratação, na verdade, inclui não só o uso de hidratantes mas também evitar produtos químicos que ressequem demais a pele como sabonetes muito agressivos, prefira sabonetes suaves; não agredir muito a pele com uma limpeza agressiva; tirar a maquiagem com frequência deixando a pele sem produtos em contato com ela.

3º. Usar antioxidantes

O uso de antioxidantes, tanto dentro do protetor solar como fora. Usamos muito a vitamina C, a vitamina E e outros.  

NA MENOPAUSA, A PELE FICA MAIS SENSÍVEL

As mulheres na menopausa também se beneficiam do uso do protetor solar porque a pele delas, devido à diminuição do estrógeno, se torna mais sensível à radiação solar.

PROTETOR SOLAR É PARA A VIDA TODA

Desde a infância, o uso do protetor solar é muito importante na prevenção do câncer de pele. O câncer de pele melanoma, que é o mais grave, felizmente é o menos frequente mas é o mais grave e tem chance razoável de morte do paciente. Ele está relacionado ao número de queimaduras que temos na infância. Por exemplo: uma criança que tem 10 queimaduras na infância tem mais chance de ter melanoma do que se ela tivesse tido cinco. Proteção solar na infância é garantia de prevenção. Na juventude e na fase adulta a proteção solar continua importante na prevenção ao câncer de pele e ao envelhecimento da pele.

Foto de capa: Freepik

……………………………………………………………………………………………………………………………….

Quer mais histórias como essa? Inscreva-se no boletim informativo semanal SempreBem!

Compartilhe com as amigas!

Gostou da matéria? Assine a nossa Newsletter e receba gratuitamente dicas para curtir a nova vida!