Atualizado em: 7 de agosto de 2020

O colágeno é assunto nas conversas sobre beleza e saúde. Você conhece os alimentos que estimulam o corpo a produzir o colágeno de que precisa?

O colágeno é a base de uma pele jovem. Quanto mais colágeno na pele, mais firme ela é; quanto menos colágeno, mais flacidez e linhas de expressão aparecem.

O colágeno é produzido pelo nosso organismo. Mas, é possível consumir a proteína extraída dos tecidos conjuntivos de animais e de algumas plantas na forma de suplementos. Ou usar a proteína adicionada em cremes para cuidados de beleza.

Alguns especialistas têm dúvidas da eficácia dos suplementos de colágeno. Mas, todos concordam que a alimentação é a melhor fonte para a obtenção do colágeno pois o nosso corpo produz essa proteína. Com os alimentos certos, o organismo é capaz de estimular a produção de colágeno em nosso organismo, necessário para diversas funções, inclusive de saúde e beleza.

Colágeno, a proteína da saúde e beleza

Suplemento de colágeno hidrolisado é uma alternativa para alguns nutricionistas. Foto: The Tonik/Unsplash.

O colágeno é uma das proteínas mais abundantes no corpo. Ele atua fortalecendo a pele e promovendo elasticidade e hidratação. O colágeno também atua como uma cola dos nossos ossos, cartilagens, pele e vasos sanguíneos.

A partir dos 25 anos nosso corpo produz menos colágeno. Com isso, surgem os primeiros sinais de envelhecimento da pele, como rugas e flacidez, e os cabelos se tornam mais finos. Com menos colágeno, as articulações enfraquecem e enrijecem.

Além do passar dos anos, o consumo excessivo de açúcar, exposição prolongada ao sol, fumo e álcool também contribuem para a diminuição na produção de colágeno.

Podemos obter colágeno de algumas maneiras. A mais importante, de acordo com os especialistas, é a alimentação.

Alimentos que têm colágeno ou que estimulam a sua produção

Vegetais verde-escuros: alimentos que estimulam o colágeno. Foto: Edson Cardoso/Pixabay

O colágeno é importante para uma pele mais jovem, cabelos mais fortes e articulações mais saudáveis.

O nosso corpo sintetiza o colágeno de que necessita. Mas, para isso, ele precisa de determinados nutrientes que devem fazer parte da dieta do dia a dia.

É importante consumir alimentos com proteínas, como as carnes. Mas só isso não basta. O processo de produzir colágeno no organismo requer determinados nutrientes, fornecidos por alguns alimentos.

Para o corpo produzir colágeno ele combina aminoácidos – nutrientes que você obtém ao ingerir alimentos ricos em proteínas, como carne, frango, peixe, feijão, ovos e laticínios.

E outros nutrientes como a vitamina C, vitamina E, vitamina A, cobre, zinco, selênio, enxofre e o silício.

Veja essa lista de alimentos ricos em colágeno ou que estimulam a sua produção, e suplementos, elaborada pela nutricionista Patrícia Leite:

Gelatina

Rica em colágeno, a gelatina traz a vantagem de ser uma sobremesa que não estimula o aumento de peso, ao mesmo tempo em que faz bem para as peles, unhas e cabelo.

Carnes

Na lista dos alimentos ricos em colágeno, as carnes não podem ficar de fora. É que elas são fontes de proteínas, que estimulam a produção do elemento.

Ovos

Assim como as carnes, os ovos possuem proteínas em sua composição, portanto também contribuem com o aumento da produção de colágeno no organismo humano.

Frutas cítricas

Frutas cítricas como a laranja têm vitamina C, que contribuem com a síntese de proteínas, que depois será transformada em colágeno. A recomendação é comer de três a quatro porções de frutas cítricas por dia.

Frutas vermelhas

Frutas vermelhas como o morango e a amora contêm vitamina C e flavonoides que, ao trabalharem juntos, possuem ação antioxidante, de maneira que combatem os radicais livres e o envelhecimento do corpo humano, que é um grande causador da diminuição dos níveis de colágeno no organismo.

Sozinha, a vitamina C estimula a produção de colágeno.

Castanhas, nozes e amêndoas

Além de serem fonte de vitamina E, que é importante para a formação de colágeno, as castanhas, nozes e amêndoas contêm ácidos graxos poli-insaturados que auxiliam na manutenção da vitalidade da pele. A orientação é consumir 1/3 de xícara desses alimentos diariamente.

Aveia

A aveia é fonte de silício, um dos nutrientes necessários para a formação de colágeno.

Tomate, pimentão, beterraba

Esse grupo de vegetais contém o antioxidante licopeno em sua composição que protege a pele contra danos, como se fosse um protetor solar natural, ao mesmo tempo em que faz com que os níveis de colágeno do organismo aumentem.

Vegetais de cor verde-escura

Os vegetais de cor verde-escura como o espinafre, o brócolis e a couve são compostos por vitamina C que, como já mencionamos aqui, colaboram com a formação de colágeno. Além disso, sua ação antioxidante fornece proteção contra os radicais livres que podem enfraquecer o colágeno.

Vegetais de cor laranja

Os vegetais de coloração laranja, grupo em que a cenoura e batata-doce se destacam, são fontes de vitamina A, que é capaz de restaurar e regenerar o colágeno que foi danificado.

Soja

Seja o leite de soja, seja o tofu, seja um queijo feito à base de soja. Fato é que todos esses possuem um hormônio chamado genisteína em sua composição, que acelera a produção de colágeno e bloqueia enzimas que promovem o envelhecimento da pele.

Chá branco

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Kingston, no Reino Unido, com a Neal’s Yard Remedies, uma empresa de produtos de beleza, também do Reino Unido, o chá branco pode proteger as proteínas presentes na estrutura da pele, em especial o colágeno.

A justificativa para o fato é que a bebida previne a ação de enzimas que destroem o colágeno.

Alho

O alho possui enxofre, que é necessário para a formação de colágeno no corpo humano. Mas não é somente isso: ele também possui a taurina e o ácido lipoico, dois compostos que são capazes de reconstruir as fibras de colágeno que foram danificadas.

Ostras

As ostras são fontes de zinco, um mineral que é essencial para a formação de colágeno no corpo humano.

Colágeno hidrolisado

A partir dos 35 anos de idade, a suplementação de colágeno é considerada essencial, explica a nutricionista Patrícia Leite, tendo em vista que neste período os níveis da proteína presentes no corpo tendem a cair. Uma das formas de fazer isso é consumir suplementos de colágeno hidrolisado, um produto que carrega uma alta concentração de colágeno puro, que pode ser totalmente absorvido pelo organismo.

Alimentos que devem ser evitados

Para manter os níveis de colágeno, devemos limitar ou evitar alimentos que contenham excesso de açúcar.

O açúcar pode se ligar às fibras de colágeno e produzir compostos chamados produtos finais de glicação avançada (AGEs). Estes compostos podem danificar o corpo e, claro, a saúde da pele.

Todos esses alimentos ajudam a formação de colágeno, tão importante para a saúde e manter a pele bonita por mais tempo. Eles já fazem parte da sua dieta? Não é difícil incorporá-los ao cardápio, não é?

Foto de capa: Patrushka/Pixabay.

Quer mais histórias como essa?

Dicas de uma dermatologista para manter a pele firme, para começar hoje
Dieta anti-rugas: alimentos antioxidantes contra os radicais livres

……………………………………………………………………………………………………………………………….

Gostou da matéria? Assine a nossa Newsletter e receba gratuitamente dicas para curtir a nova vida!

Gostou da matéria? Assine a nossa Newsletter e receba gratuitamente dicas para curtir a nova vida!