Atualizado em: 14 de maio de 2020

Pesquisa revela que o cafezinho, paixão mundial, está associado a menor gordura corporal em mulheres. Mulheres com mais de 40 anos têm resultados melhores.

O hábito do cafezinho, uma das paixões brasileiras, quem diria, também ajuda a perder peso. A constatação é de um novo estudo de um grupo de pesquisadores.

O Brasil é o segundo consumidor de café do mundo. Mas esse hábito é popular no mundo todo.

Cafezinho beneficia mais as mulheres

De acordo com a pesquisa, entre as mulheres com idade entre 45 e 69 anos, as que bebiam quatro ou mais xícaras por dia apresentaram percentual de gordura corporal 4,1% menor.

Esse índice é maior do que o verificado entre as mulheres mais jovens. Os pesquisadores descobriram que mulheres entre 20 e 44 anos que bebiam duas ou três xícaras de café por dia apresentavam os níveis mais baixos de adiposidade, 3,4% menores do que as aquelas que não consumiam café. 

Os resultados foram consistentes se o café consumido era cafeinado ou descafeinado e entre fumantes / não fumantes e aqueles que sofrem de doenças crônicas quando comparados com aqueles com boa saúde.

Nos homens, a relação foi menos significativa. Homens de 20 a 44 anos que bebiam duas ou três xícaras por dia tivessem 1,3% menos gordura total do que aqueles que não consumiam café.

A pesquisa foi feita com análise de dados da Pesquisa Nacional de Exame de Saúde e Nutrição, nos Estados Unidos.

Café pode ter substâncias que regulam o peso

O autor do estudo, Dr. Lee Smith, da Universidade Anglia Ruskin, explicou porque o café está associado à perda de peso. Ele disse que a pesquisa sugere que pode haver compostos bioativos no café, além da cafeína, que regulam o peso e que podem ser potencialmente usados ​​como anti-obesidade.

“Pode ser que o café, ou seus ingredientes eficazes, possa ser integrado a uma estratégia de dieta saudável para reduzir a carga de condições crônicas relacionadas à epidemia de obesidade. É importante interpretar as conclusões deste estudo à luz de suas limitações – o estudo estava em um momento específico, para que as tendências não pudessem ser estabelecidas. No entanto, não acreditamos que o peso de alguém possa influenciar o consumo de café. “

Vamos fazer um intervalo para um café? Mas, lembre-se, sem açúcar. O café é uma importante fonte de antioxidantes e de energia para o nosso corpo. Mas, não exagere no número de xícaras. O que é demais, não faz bem.  

Foto de capa: Rachel Scott/Pixabay

Você gostou dessa matéria? Assine a nossa newsletter e receba dicas sobre bem estar e estilo de vida.

Gostou da matéria? Assine a nossa Newsletter e receba gratuitamente dicas para curtir a nova vida!