Atualizado em: 24 de junho de 2020

A perda de músculos na menopausa é um dos efeitos causado pelas alterações hormonais nesse período. A boa notícia é que o exercício físico pode ajudar a diminuir essa perda.

Cada mulher tem um tempo para passar pela menopausa. Esse período dura alguns anos, geralmente em torno dos 51 anos de idade.

O estrogênio, o hormônio sexual feminino, é fundamental na regulação das propriedades musculares. Na menopausa, o corpo deixa de produzir esse hormônio, com várias consequências para o bom funcionamento do corpo. Uma delas, é a perda de massa muscular.  

Menopausa e estrogênio afetam massa muscular

Estudos científicos avaliam que as alterações na massa muscular fazem parte da vida das mulheres na casa dos 50 anos de idade. Durante esse período, as mulheres passam da perimenopausa para a pós-menopausa e a produção de estrogênio cessa. A perda de estrogênio afeta os músculos e leva a um declínio na massa muscular. Mas, há outras consequências.

A menopausa acelera as alterações do envelhecimento de muitos tecidos, dos quais talvez o mais conhecido e bem estudado seja a osteoporose.  Estudos descobriram que o estrogênio atua como um regulador do metabolismo energético. Portanto, esses resultados são importantes no combate ao risco elevado de doenças metabólicas associadas ao envelhecimento.

Embora um estilo de vida saudável não aumente a quantidade de estrogênio no organismo, reduz os riscos das doenças metabólicas.

Exercícios diminuem perda de músculos na menopausa

Um grupo de pesquisadores concluiu um estudo que mostrou que a atividade física, em todas as suas formas, pode ajudar a manter a massa muscular na meia-idade.

Pesquisadores relatam que o declínio muscular ocorre em um curto período de tempo e pode ter um impacto no metabolismo, pois os músculos são importantes reguladores do metabolismo de todo o corpo.

Verificou-se que a atividade física estava positivamente associada à manutenção da massa muscular durante a transição da menopausa. As mulheres que eram mais ativas tinham maior massa muscular antes e após a menopausa em comparação com as mulheres menos ativas. Os estudos mostram que, embora a menopausa diminua a massa muscular, permanecer fisicamente ativo durante a meia-idade pode ajudar as mulheres a retardar essa mudança.

Exercícios físicos realmente devem fazer parte do dia a dia. A musculação pode ser um apoio importante, mas com a supervisão de um profissional de Educação Física.

Foto de capa: Jonathan Borba/Unsplash

Quer mais histórias como essa?
Exercícios na menopausa: as dicas de uma personal trainer
Saiba quais os alimentos para quem pratica atividade física

……………………………………………………………………………………………………………………………….

Gostou dessa matéria? Compartilhe. E, assine a nossa newsletter para receber dicas de bem estar e estilo de vida.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *