Atualizado em: 25 de março de 2019

As pessoas estão vivendo mais, mas querem viver melhor. A nutrição anti aging pode ajudar a ir mais longe. Atrasar o relógio biológico comendo certo é a melhor notícia.

Será que a alimentação saudável anti-idade pode ser a tão desejada fonte da juventude? Os nutricionistas dizem que, sim, comer corretamente influencia os processos oxidativos do nosso corpo.  

O nutricionista Alexandre Aguiar, que participa do 6o. Meeting Brasileiro de Nutrição e Estética, explica os benefícios da alimentação saudável anti-idade. O especialista em Medicina Ortomolecular diz que os alimentos podem acelerar ou retardar o processo de envelhecimento. “Mas, deve ficar claro que a nutrição antiage foca no hábito saudável, onde, às vezes, podemos comer alguns alimentos tidos como “maus” e, mesmo assim, não comprometer a saúde desde que alimentos naturais e orgânicos façam parte da maioria da dieta”. Mas, qual é o processo que faz da alimentação saudável uma ferramenta contra o envelhecimento?

Alimentação anti-idade pode ajudar a atrasar o relógio biológico

O nutricionista Alexandre explica que o processo antiaging promovido pelos alimentos é feito por uma série de mecanismos. “Posso citar a biodinâmica de alguns compostos bioativos, como o reseratrol, encontrado na uva, que promove maior eficiência mitocondrial fazendo com que células de inúmeros tecidos tenham mais vitalidade e energia”.

As orientações do especialista:

  • Consumir mais alimentos que otimizem o metabolismo celular ajudando no processo de renovação saudável e na proteção contra danos oxidativos. São alimentos mais orgânicos e ricos em compostos bioativos, como frutas vermelhas (antocianinas), carboidratos complexos e integrais (fibras), folhas verdes escuras (luteina), alimentos fontes de carotenoide, como beta caroteno, licopeno, e curcumina encontrado nas abóbora, cenoura e açafrão.
  • Evitar aqueles carboidratos de alto indico glicêmico, pois a glicação pelo excesso de glicose é fato ligado ao envelhecimento que, assim como as frituras, formam os produtos de glicação avançada que contribuem para uma ineficiência da manutenção da saúde.

Como as pessoas reagem às mudanças nos hábitos alimentares

Em geral, as pessoas respondem bem às mudanças no cardápio alimentar. Mas, naqueles casos em que não há resultados positivos, o nutricionista deve investigar problemas de saúde. De acordo com o especialista esses problemas podem ser “má absorção intestinal, doenças crônicas degenerativas e, principalmente, transtornos relacionado à compulsão ou rejeição alimentar que podem comprometer a evolução do tratamento. Por isso o profissional deve ter bastante sensibilidade e saber ouvir o paciente”. Mas, como se beneficiar da nutrição antiaging?

A receita completa para retardar o envelhecimento

Para quem deseja iniciar uma jornada para conquistar uma vida mais saudável e mais longa, a receita do especialista é a seguinte:

  • Alimentação saudável
  • Atividade física
  • Noites bem dormidas
  • Vida social ativa e prazerosa

E, atenção: é preciso sensibilidade para comer direito

Alexandre Aguiar enfatiza: “Nesse mundo corrido e agitado em que vivemos, a nutrição tem focado cada vez mais no comer intuitivo e consciente onde as premissas como sentir o sabor, texturas e aroma dos alimentos em ambientes afastados de barulho e sem internet têm sido reforçadas. Isso porque o nosso corpo tem neuro transmissores de fome e saciedade que precisam ser percebidos pelo paciente para que ele saiba a hora de comer é também a hora de parar de comer. E, esses mecanismos endócrinos são mais percebidos em ambientes calmos”.

Vale à pena tentar, não é?

Alexandre Aguiar é Químico, Nutricionista, Especialista clínico e esportivo, professor em pós graduação em Medicina Ortomolecular e Coordenador das pós graduações em Bioquímica em Nutrição Clínica e Nutrição Estética e Cosmetologia FAPES. Palestrante no 6º. Meeting Brasileiro de Nutrição Estética. @alexandreaguiarquiminutri

Foto de capa: Pixabay

One thought on “Alimentação anti-idade pode atrasar o relógio biológico”

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *