Atualizado em: 23 de novembro de 2020

Como uma educadora física e uma psicóloga, mulheres com mais de 40 anos, escolheram a sua vida após os seus 40 anos!

Por: Mirtes Wiermann

Após os 40 anos, as mulheres começam a viver o estigma do envelhecimento biológico e cultural. Nós, aqui na redação de SempreBem, preferimos pensar que, como um bom vinho, as mulheres realmente melhoram com a idade.

Os anos que vão dos 40 aos 55 anos são cheios de transformações para as mulheres. A proximidade da menopausa, desencadeada pela diminuição da produção dos hormônios sexuais femininos, resulta em mudanças tanto biológicas quanto psicológicas. Sem falar que elas começam a ficar invisíveis para a sociedade.

Mas, então, a vida para por aí? …

Claro que não.

É aqui, justamente, que começa um novo tempo com um jeito diferente de pensar e de fazer as coisas.

Conversamos com algumas mulheres que estão nos loucos 40 anos. Vamos ver como elas estão encarando a maturidade e como escolheram viver a vida após os 40 anos.

Como é viver após os 40 anos

Bruna Oneda está aproveitando a maturidade para um projeto de vida.

Para Bruna Oneda, 43 anos, educadora física, ultrapassar a marca dos 40 anos foi um estopim para ela repensar sua vida e encarar um novo projeto de vida. 

Quando percebeu que tinha que vencer os novos desafios da maturidade, ela foi à luta. Mudou hábitos de vida e repensou o longo caminho que ainda tinha pela frente.

Bruna também percebeu que não era a única vivendo essa experiência. Pensando em tudo isso, resolveu ajudar mulheres que, como ela, estão vivendo as mudanças da maturidade. E criou um sistema de orientações de saúde para a mulher, o Método Menopausa Fit. O próprio nome já diz tudo, não é?

O projeto foi idealizado a partir de sua experiência pessoal e profissional. Afinal, ela é Educadora Física, Doutora em Ciências pela Faculdade de Medicina da USP com foco na saúde da mulher, personal trainer e professora universitária.

“A passagem para os 40 anos foi bem intensa. Sempre trabalhei muito e nesse momento resolvi encarar um novo projeto profissional que me tirou da zona de conforto. Entrei para o mundo digital. Foi um marco em algumas transformações que eu sempre sonhava e, aos 40, me senti empoderada para concretizá-las”.

Maturidade e amor próprio

Polyana Okubo, com mais de 40: “Seja protagonista da sua vida”.

A psicóloga Polyana Okubo, depois de fazer 40 anos, também pensou em inspirar outras mulheres.

Ela idealizou o perfil no instagran @mulherapos40 para ajudar mulheres que também estão na fase da meia idade a se conhecerem, fortalecer sua autoestima e amor-próprio.

Polyana é formada pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e especialista em Análise Transacional. Ela se diz uma otimista e afirma que vive a melhor fase de sua vida

“Nunca me preocupei com a chegada dos 40 anos. Mas, quando completei 42 tomei consciência de que precisava mudar alguns hábitos. Comecei a pensar em como eu queria estar aos 60.

Comecei uma atividade física e a me preocupar com a alimentação. Uma coisa leva à outra e como sou psicóloga, sei que mente e corpo estão conectados. Assim, comecei a cuidar mais da minha saúde mental e meditar para gerenciar o estresse. Logo fui percebendo os resultados desses novos hábitos e me sentindo muito melhor.

Percebi também que tinha uma aliada nessa nova fase, a maturidade que nos faz ter um novo olhar para a vida, de como enfrentar as adversidades, de como viver de uma forma mais centrada, equilibrada e feliz.

Minha experiência após os 40 tem sido maravilhosa. Estou em um dos melhores momentos de minha vida. Me sinto mais empoderada, autoconfiante e mais conectada à minha essência. Aceito o que a vida me traz com leveza e procuro sempre tirar um aprendizado”.

Como cuidar do corpo após os 40 anos

A personal trainer Bruna Oneda tem várias recomendações sobre como cuidar do corpo após os 40 anos. E todas fazem parte de um estilo de vida saudável. 

“Como profissional, trabalho diretamente com mulheres com mais de 40 anos. Todos os meus estudos e projetos envolvem esse público. De fato, a mulher que tem hábitos mais saudáveis como boa alimentação, prática regular de exercícios físicos e boas noites de sono atravessa bem melhor essa fase e, principalmente, o climatério, que é um período em que invariavelmente surgem desconfortos e sinais característicos das alterações hormonais.

Com relação à prática de exercícios físicos, o que recomendo são:

  • Atividades aeróbicas, como caminhada e bike, um mínimo de 3 vezes na semana.
  • Exercícios com pesos, resistidos, musculação ou localizados, pelo menos 2 vezes na semana, além de exercícios de alongamentos e equilíbrio.

Esses são os 4 pilares recomendados pelas sociedades internacionais que estudam mulheres de mais de 40 e os tipos de exercícios que utilizo no método que criei para este público – o Método Menopausa Fit.”   

E como cuidar da mente após os 40 anos

Para a psicóloga Polyana Okubo, viver bem as mudanças físicas e emocionais que ocorrem na maturidade depende da maneira como cada mulher lida com elas.

“Estamos acostumadas a ouvir só sobre as perdas e desafios dessa fase da vida, então já ficamos esperando o pior. Porém, ela pode ser uma fase bonita e de grandes aprendizados. E, para isso, é preciso fazer boas escolhas”.

A sugestão da psicóloga é cuidar do corpo, com um estilo de vida saudável, e cuidar da mente, também. Ela recomenda: 

  • Cuidar também do seu emocional. Fortalecer a autoestima, aprender a se conhecer e reconhecer suas necessidades. Se colocar como prioridade, estabelecer limites, aprender a dizer “Não”.
  • Colocar o autocuidado como prioridade.
  • Outra dica é aceitar as mudanças e perdas que podem ocorrer nessa fase mas com a certeza de que você pode fazer muitas coisas para minimizá-las.

“Seja protagonista da sua vida e faça boas escolhas e você terá bons resultados. Se colocar essas dicas em prática, você verá que a vida após os 40 pode ser maravilhosa!”

A educadora física Bruna e a psicóloga Polyana são exemplos de como superar as mudanças impostas pela maturidade. E dar a volta por cima, com um corpo mais saudável, a mente equilibrada, mais jovial e realizada!

Foto de capa: Briana Tozour/Unsplash 

……………………………………………………………………………………………………..

Quer mais histórias como essa? Inscreva-se no boletim informativo semanal SempreBem!                        

Gostou da matéria? Assine a nossa Newsletter e receba gratuitamente dicas para curtir a nova vida!